vida minimalista perfeita

Em: Minimalismo

6 dicas para uma vida minimalista perfeita

Você já parou para analisar que as vezes possui coisas demais, muitos compromissos e muitas preocupações e obrigações em sua cabeça?

Gostaria de tornar tudo mais fácil, mas não sabe por onde começar?

Seja minimalista. Você vai notar a diferença.

Talvez você já tenha ouvido que no minimalismo você deve viver sob uma ponte com uma mochila na qual só mantém 4 coisas.

Mas não, o minimalismo é muito mais do que isso, é um estilo de vida, uma filosofia.

Saber o que é importante, o que é essencial para você e escolher o que fazer com isso, isso gera paz interior que você não imagina, além de muitos outros benefícios.

O minimalismo é simples, mas não é fácil chegar lá.

Exige autoanálise profunda e um exercício de desapego emocional significativo, mas te garanto que vale a pena.

Dá clareza, ordem e foco para você se concentrar no que realmente é importante. Isso torna muito mais fácil conseguir o que você precisa, porque você não tem distrações desnecessárias.

Se você não sabe por onde começar, hoje vou explicar algumas das principais dicas que apliquei para levar um estilo de vida minimalista e ser focado no que realmente quero.

1. Se livrar de qualquer coisa que você não precisa

Você é daqueles que possui um quarto de bagunça, com várias coisas que você acumula achando que vai usar algum dia? Você já se perguntou o que você vai fazer com isso em 20 anos?

Apegar-se às coisas materiais é uma forma de escravidão.

Sem perceber, você está perdendo muito tempo procurando, limpando e arrumando todas essas coisas. Acredite ou não, as suas coisas o impedem de avançar e melhorar.

2. Não se apegue a objetos

Você é daqueles que não joga as coisas fora porque têm carinho? Você acha que realmente é o objeto em si que tem afeto?

Memórias estão em você, e não nas coisas.

Viva no presente e olhe para o futuro, não o passado.

3. Ordem e simplicidade em casa

Não complique a vida, valorize a simplicidade.

Transforme tudo à sua volta em algo fácil de gerenciar.

Pense que cada objeto deve ter um uso específico e faça com que cada um ocupe o lugar que merece.

4. Controle e diminua o consumo de informações

Às vezes não nos damos conta e passamos o dia expostos a uma variedade de informações e distrações que não nos traz nada e nos fazem perder tempo e foco.

Diminua o tempo de televisão, redes sociais e móvel. Tente se concentrar no que você realmente quer que entre em seu dia-a-dia e não tanto em “ser informado”.

5. Valorize seu tempo e escolha os seus compromissos

Aprenda a valorizar o seu tempo, ser mais produtivo e, sobretudo, em dizer “não”.

Seu tempo é precioso. Não fique focado em muitos objetivos ou projetos de uma só vez, isso só vai fazer você perder a concentração.

Embora tenhamos muitas ideias e projetos em mente, vamos tentar nos concentrar em apenas 2 ou 3 importantes num momento.

Seja fiel a si mesmo e aprenda a dizer “não” assertivamente sem que a outra pessoa se sinta ofendida, e caso a pessoa se sinta, faça o que eu faço, ligue o Foda-se.

6. Escolha acumular experiências, em vez de coisas

Concentre-se em suas experiências de vida, relacionamentos e coisas que fazem você aprender e melhorar.

Experiências, viagens e viver intensamente. É a única maneira de conhecer-se melhor e se sentir realizado.

Dez coisas para contar, ensinar e compartilhar quando você estiver velho e não apenas objetos acumulados.

Em resumo:

Se concentre no que é importante e remove o excesso da sua vida.

Aprenda a viver no presente, para apreciar as pequenas coisas.

Faça coisas que você gosta, e diga não para o resto.

Uma vida minimalista.

Aprenda a gerir sua finanças com Minimalismo Financeiro

Ebook: Potencial de uma vida minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Ebook

Te enviaremos um e-mail de confirmação.