Tolerância não funciona e talvez nunca funcione

Tolerância não funciona e talvez nunca funcione

Depois de milhares de anos os conflitos ainda não terminaram, a humanidade está despertando para o fato de que nossa espécie está cheia de opiniões polarizadas, culturas, estilos de vida e todos os tipos de manifestações religiosas.

Nos últimos anos, a palavra tolerância foi injetada no inconsciente coletivo como um remédio para curar impurezas sociais e começar a viver mais pacificamente.

Parece ótimo no papel e cria cabeçalhos maravilhosos na mídia. Escrever em redes sociais ou incluí-la em chats revolucionários nos faz sentir perto de Gandhi. E não é ruim porque você tem que começar em algum lugar.

Mas apesar de ter avançado um pouco como civilização, a realidade é que a tolerância como a conhecemos não funciona e nunca vai ser útil.

Isto porque este valor se baseia na ideia de superioridade moral e divisão. É apenas esta mentalidade que nos levou a tantos problemas!

Dizem que o grupo X tolera o grupo Y, significa que X é melhor do que Y, e X está disposto a arcar com as coisas que o fazem diferente de Y / inferior.

Para dizer que eu tolero que você seja diferente, você me coloca em um pedestal imaginário de superioridade.

A mente dividida é exatamente o que faz com que um grupo proteja suas opiniões e ataque aqueles que não as compartilham.

Compaixão é a liberdade.

Minha mente louca e ingênua acredita que o que precisamos é soltar a tolerância e  abraçar a compaixão.

Trazer compaixão para nossos corações e a tornar parte da nossa identidade nos faz abertos a todas as manifestações da vida.

Nos une a própria vida porque entendemos que eu, você e todos são apenas um aspecto da existência, com os mesmos direitos para ser.

Ter compaixão não significa sentir pena, compaixão é ter certeza de que todos os seres vivos podem experimentar os mesmos sentimentos e devemos trabalhar juntos para estar em paz com as coisas como elas são.

Isso nos dá força, paciência e vontade para que todos estejam igualmente bem.

É preciso entender que todos nós percebemos a realidade de maneiras diferentes, há espaço para todos os tipos de ideias e devemos aprender com todas.

Certamente eu estou errado sobre tudo isso, mas acredito que a tolerância é uma cadeia formada por ligações de ego.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Malabarista por diversão e violinista aprendiz.