Como posso persuadir meu parceiro (a) a seguir um estilo de vida minimalista?

Como posso persuadir meu parceiro (a) a seguir um estilo de vida minimalista?

Essa é uma grande questão, mesmo que algumas pessoas não acreditem, às vezes fortes, mas simples restrições podem ter um impacto importante e positivo em nossas vidas.

A primeira coisa que eu posso falar pra você é: Não obrigue ninguém a nada.

Eu aprendi em meu curto tempo de vida, que eu não posso forçar ninguém a nada e mesmo não sendo, ou se fosse casado, não poderia forçar minha esposa a fazer algo que ela não quer fazer.

A única coisa que você pode fazer é melhorar a si mesmo. Em um relacionamento, isso significa compreender e respeitar que o outro não é você, mesmo que fique incomodado com a bagunça do parceiro.

Significa montar em sua bicicleta para trabalhar quando o parceiro (a) prefere ir de carro.

Eu acredito que você só pode fazer duas coisas.

Deixe-a (o)  saber por que o minimalismo é importante para você. Se ela (e) valoriza a sua opinião, então vai querer saber sobre este aspecto de sua vida.

Deixe-a (o) saber de onde veio esta ideia, o que conseguiu, o que espera realizar no futuro e por quê.

Seja transparente, mas não argumentativo. Faça seu parceiro (a) ciente de que é uma opção, não algo obrigatório.

Segundo, forneça um exemplo dos benefícios. Se você está fazendo certo, se sua filosofia tem mérito, então deve haver benefícios tangíveis.

Se ela (e) puder ver isso e admirá-lo, então vai querer imitar o seu exemplo. Se não pode ver o benefício, então respeite a decisão da pessoa.

Em outras palavras, ser o melhor minimalista que você pode ser… este é o seu argumento sem palavras.

Sem a experiência de aprender com seus próprios erros ou a introspecção para aprender com os erros dos outros, é improvável que alguém siga um caminho que promove a privação.

Você provavelmente teve sua epifania por causa de sua experiência. Ela ou Ele não tem.

Muitos entram em relações com a esperança de transformar o outro. Ninguém tem esse tipo de poder.

Tudo o que podemos fazer é compartilhar nossos pontos de vista e, por vezes, ao longo de anos de união ambos os indivíduos crescem um pouco mais como o outro.

Você escolheu um estilo de vida minimalista através da pesquisa e da contemplação. Seu parceiro (a) está em um lugar diferente. Use isso como uma oportunidade para aprender paciência e empatia.

No final, o minimalismo é uma forma de ascetismo em oposição ao consumismo, que é uma forma de hedonismo.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Siga me:

Ebook: Casa Minimalista

Um guia para ajudar você a encontrar a harmonia no ambiente em que viver. Mas por onde começar?

Ebook

Te enviaremos um e-mail de confirmação.