O que os não-minimalistas pensam sobre os minimalistas?

O que os não-minimalistas pensam sobre os minimalistas?

O estilo de vida minimalista nos faz reavaliar essa percepção da “necessidade” de consumir. Para alguém envolvido no materialismo, o minimalismo pode parecer quase impossível.

Uma vez que se adaptem, também descobrirão que o minimalismo ajuda a maximizar a felicidade através do redirecionamento do foco de alcançar prazer momentâneo para buscar fontes de satisfação autêntica ao longo da vida.

Tornar-se um minimalista não é fácil, nem é difícil. A dificuldade associada a se tornar um minimalista é a maneira como você se vê e como quer se ver.

As pessoas pensam tantas coisas sobre os minimalistas, podemos não concordar, mas devemos respeitar a opinião de cada um… Por onde eu começo?

  1. Muitos acham que os minimalistas são estranhos, arrogantes e obsessivos.
  2. Muitos acham que os minimalistas são preguiçosos, pobres ou gostam de coisas baratas.
  3. Muitos acham que os minimalistas não podem ter coisas boas (“Eu pensei que você fosse minimalista, por que você tem um computador caro? ” “Bem, meu trabalho não permite que eu envie sinais de fumaça… que pena! ”)
  4. Muitos acham que os minimalistas nunca terão filhos, animais de estimação (tenho 2 cachorros e um gato), lembranças ou qualquer coisa bonita em suas vidas.
  5. Muitos acham que os minimalistas são as pessoas que “deixarem tudo para trás” para viver em um trailer / viajar como um nômade digital / como um monge budista / em uma fazenda / trabalhando para uma ONG em algum outro país.
  6. Muitos acham que minimalistas tem TOC com limpeza. Familiares e amigos (que são confusos ou desorganizados) acham que eu “gosto” de limpar e arrumar o tempo todo.

Resumindo, não importa o que eles pensam, apenas respeite.Você deve seguir seu caminho, não importa o que os outros pensem, façam ou digam.

Uma das coisas sobre as quais escrevo sobre minimalismo e simplificação de sua vida é a capacidade de estabelecer seus limites e seguir sua felicidade, não importando quais sejam as opiniões dos outros.

Uma citação diz: ” Viva simplesmente para que você possa simplesmente viver “, no que sinceramente acredito. É tão difícil neste dia e época complexos manter isso simples.

Uma das minhas suposições gerais na vida é que a maioria das pessoas que eu conheço gastará muito pouco tempo ou energia pensando em mim.Eles têm suas próprias vidas para pensar.

Além disso, quando alguém faz uma opinião sobre mim, é importante distinguir se devo ou não me importar.

Como muitas áreas da vida, ela é baseada na competição, e as pessoas tomam como ofensas pessoais, como se o indivíduo “diferente” de alguma forma lhes devesse validação, e se recusasse maliciosamente a fornecê-las.

A única “desvantagem” real de ser um minimalista pode ser a percepção das pessoas em relação a você. Eu pessoalmente não me importo com o que as pessoas pensam de mim, então isso não é uma desvantagem para mim.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Siga me: