Minimalistas também vão às compras

Minimalistas também vão às compras

Eu me defino como uma minimalista em formação, mas também uma mulher que se preocupa com sua imagem.

Já li em vários blogs algumas garotas minimalistas que vivem felizes com um guarda-roupa que consiste em apenas 12 ou 20 peças.

Infelizmente, isso não funciona para mim (já tentei), já que meu trabalho me obriga a ter roupas mais formais, enquanto na minha vida pessoal confesso ser uma de qualquer coisa.

No fim de semana passado fui fazer compras com duas amigas. Foi a minha primeira “viagem de compras” desde que comecei com este novo estilo de vida minimalista.

Antes de sair de casa, defini minhas necessidades: dada a forma do meu corpo, é mais fácil comprar calças ou shorts (alguém pode me ajudar), enquanto com t-shirts ou blusas eu tenho mais problemas; o objetivo era encontrar as partes superiores.

Além disso, na minha “minimização” do meu guarda-roupas, descobri que eu tenho t-shirts de algodão básicas suficientes, em cores simples; Elas não são adequadas para trabalhar porque são mais informais.

A minha necessidade era “blusas que fossem formais e adequadas para o trabalho”. Finalmente, pensei nas cores que eu precisava para combinar com as roupas que eu já tinha.

Depois de quatro horas de compras, voltei para casa com quatro peças. São quatro blusas, adequadas para trabalhar, em cores que combinam com as roupas que já tenho.

A experiência de ir às compras, sabendo exatamente o que precisava, foi excelente, já que me salvou o tempo, o esforço e especialmente o dinheiro: quem nunca comprou algo e quando chegou em casa, percebeu que era preciso algo para combinar com o que acabou de comprar?

A coisa mais importante do processo é que uma vez em casa, antes de colocar as roupas no armário, procurei quatro peças para retirar e doar. Quatro para entrar, quatro devem sair.

Se eu não encontrar quatro peças para descartar, então não consigo manter as novas. É uma regra inflexível. E de agora em diante, meu guarda-roupa só vai diminuir ou ficar como está, da mesma forma que só vou fazer compras quando existir uma necessidade real.

E-book Casa Minimalista

Um guia para ajudar você a encontrar a harmonia no ambiente em que viver. Mas por onde começar?

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Mais lidos no Minimus Life

Munich Vieira

Minha meta é viver uma vida simples e feliz. Me siga:

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.