Adapte o minimalismo à sua personalidade

Adapte o minimalismo à sua personalidade

Ainda não descobrimos se há um minimalismo de acordo com o grupo sanguíneo e creio que nunca iremos descobrir.

No entanto, posso confirmar que é essencial que você adapte o minimalismo à sua própria personalidade, começando com o não tentar mudar os outros.

Adapte o minimalismo à sua personalidade

Lembre-se: o objetivo é reduzir o supérfluo para desfrutar do que você se importa. É você quem decide o que importa. 

Coisas sem utilização

A maneira mais clássica para o minimalismo é certamente simplificar sua casa. Reorganizar o armário, a sala ou toda a casa é uma poderosa fonte de tranquilidade.

Não só você removerá as coisas que você nunca usa, mas também a má consciência por não as usar.

Você tem algo que não usou em 6 meses? Se sim, você pode jogá-lo fora, doá-lo ou vender. Você não sentirá falta desses itens.

Substituir atividades

O que funciona com as coisas, também funciona com atividades. Você acha que passa muito tempo na frente da televisão? Desligue (e esconda o cabo) por um mês e experimente atividades alternativas, como ler um livro ou andar de bicicleta.

Ou talvez você esteja sobrecarregado com o fato de gastar muito tempo nas redes sociais e atualizar o e-mail.

Use algumas regrinhas para um destralhe digital eficiente, principalmente sobre quando e como verificar suas contas.

Comida nociva

Se você quer começar com sua saúde, a coisa mais fácil é simplificar sua dieta. Você pode começar com a remoção de um alimento prejudicial de seus hábitos alimentares, substituindo-o por alguma alternativa ou abandonando-o completamente.

A adição ao açúcar e ao abuso de sal são sabores adquiridos, isto é, com uma redução progressiva, você pode eliminá-los em grande medida.

Você pode substituir o café pelo chá e o pão francês por pão natural (de preferência integral).

Enquanto você tiver um interesse real no efeito que a comida tem em seu corpo, as experiências irão ajudá-lo a descobrir o que é bom e ruim.

Lembre-se: Faça o que funciona para você.

Relações fora de foco

Se você é um eremita solitário ou se você é uma borboleta social: é importante que os relacionamentos que você tenha (independentemente do número de pessoas que você conheça) sejam de qualidade e o ajudem no seu caminho.

Às vezes isso significa que você tem que cortar amigos da sua lista no Facebook (ou remover aqueles cujas atualizações aparecem muito no feed) ou soltar uma amizade real que só lhe custa energia.

Só você pode decidir qual área precisa de mais atenção agora. E então, vá ao trabalho! O objetivo é a sua felicidade.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Malabarista por diversão e violinista aprendiz.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.