Minimalismo: O que fazer com livros?

Minimalismo: O que fazer com livros?

Se você é como eu, você adora um bom livro e aguarda ansiosamente o seu próximo Sherlock Holmes.

E, enquanto desfruto de livros, parece que não tenho nada para me preocupar, você deve estar se perguntando o que faço com todos os livros que juntei ao longo dos anos.

Muitos minimalistas recomendam passar todo o seu material de leitura para o mundo digital, e apesar de incentivar o uso do Kindle e de eBooks, eu não sou muito fã de leitores digitais, mas há quem goste, então pensando em ajudar quem gosta de um bom livro físico, vou dar algumas dicas para organizá-los.

A boa notícia é que existem maneiras realmente práticas (e criativas) de usar e classificar seus livros. Aqui estão cinco dessas ideias:

1. Use os livros que você leu como decoração.

As prateleiras de livros muitas vezes podem ser a primeira coisa que vem à mente quando consideramos onde colocar livros em nossa casa.

Uma maneira que incorporei os livros em minha casa é usá-los como decoração. Por exemplo, tenho livros empilhados na estante.

Tenho livros por baixo de uma lâmpada de mesa para ajudar a aumentar a altura da lâmpada.

Também tenho livros empilhados em mesas finais, mesas de sofá e qualquer outro lugar que possam usar um pop de cor. Use seus livros para adicionar textura, cor ou tema em uma sala da casa.

2. Vender os livros que você já leu.

Enquanto alguns de nós não conseguem entender o pensamento de vender nossos livros, eu encorajaria você a localizar aqueles que você não lê mais, e vendê-los a um sebo, on-line ou encontrar um lugar que os comprará.

3. Troque alguns dos seus livros com um amigo.

Para aqueles que ainda não conseguem vender permanentemente seus preciosos livros, considere fazer uma troca ou empréstimo com um amigo.

Isso lhe dará a oportunidade de ler um novo livro (de graça!) E também compartilhar suas leituras favoritas com um amigo.

4. Organize seus livros de acordo com a sala da casa.

Talvez livros universitários possam ser armazenados em um escritório em casa.

Os livros infantis devem permanecer limitados aos seus quartos ou salas de jogos.

Os livros de culinária permanecerão na cozinha e os livros de trabalhado manual podem entrar na garagem.

5. Classifique os livros que você leu e aqueles que você não aprendeu.

Na casa de uma amiga, ela usa um esquema interessante, ela tem cestas cheias de livros que já leu e estão prontos para serem emprestados ou entregues a outros que procuram uma nova leitura.

Nas outras duas cestas, ela possui livros que pegou emprestado ou recomendados que ainda não teve a chance de ler. Isso a permitiu acompanhar quais livros foram lidos e quais são os próximos na fila.

6. Dê a si mesmo permissão para manter seus favoritos.

Menos é diferente de nenhum. Identifique seus livros favoritos e mantenha-os próximos. Encontre liberdade em saber que todas as decisões estão vindo de você.

Gostou deste conteúdo?

Conheça o projeto Minimus Experience!