3 dicas para minimalistas de primeira viagem

3 dicas para minimalistas de primeira viagem

1 – Minimalismo não é sobre coisas

Se você conheceu o minimalismo recentemente, é muito comum que você se volte para as coisas e para o ambiente. Quer destralhar. Quer jogar tudo fora.

Faz parte, mas não comece por aí.

Na minha humilde opinião, e já dito por aqui em um dos meus textos, a essência do minimalismo não está em jogar as coisas fora.

A essência do minimalismo não está em ter menos, está em ser.

Ser mais? Não. Apenas ser.

Vá com calma. Observe a sua vida como algo maior; pois ela é.

A essência do minimalismo está em saber o que é verdadeiramente importante na sua vida.

Observar os objetos à sua volta e começar a operação destralhe vai acontecer naturalmente.

Preocupe-se, inicialmente, em evitar o consumo desnecessário. Evitar o desperdício.

Pare de olhar para as coisas. Se você compreender isso, estará pronto para iniciar a deliciosa jornada de uma vida minimalista.

Uma jornada apaixonante, desafiadora e, no bom sentido da palavra, viciante.

2 –  O excesso de uns pode não ser o de outros

Não existem regras e nem especialistas no minimalismo, simplesmente porque cada mente é um universo e cada espaço é único do ser.

Seja tolerante e entenda que não é mais minimalista quem tem uma casa com menos móveis.

Não existe vencedor. Minimalismo não é um jogo.

Somos uma comunidade com o objetivo de disseminar uma cultura e um estilo de vida mais consciente. Um estilo de vida mais leve.

3 – Minimalismo não é um rótulo

“Eu sou minimalista”: se você diz isso para uma outra pessoa, você automaticamente está inserindo um rótulo em você.

Remova o “Eu” da frase. Talvez isso seja parte do seu ego entrando em ação.

Se alguém te perguntar sobre o que é “ser minimalista”, diga que é um estilo de vida mais consciente sobre as nossas atitudes. Sobre o consumo desnecessário.

Existem pessoas que chegam em um nível de minimalismo e que não querem mais buscar por menos. Estão felizes como estão vivendo.

No meu caso, a busca tem sido mais voltada para as atitudes diárias.

Tem sido uma busca em prol de ter menos, principalmente, atitudes negativas.

De ficar mais em silêncio.

De estar presente no agora.

Experimente a prática meditativa, pode ser um excelente início para sua jornada no minimalismo. No entanto, sei que para outras pessoas, o destralhe é libertador. Ótimo!

Como disse: no minimalismo não existem regras. Existe o bom senso baseado no respeito.

Desde que você não destralhe para comprar mais, suas atitudes estão contribuindo com uma das características essenciais que o minimalismo prega: reduzir os impactos ambientais.

Espero que você tenha gostado das dicas.

Em breve, publicarei uma segunda parte com mais algumas.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Edson Caldas Jr.

Estudante do Dharma, leitor assíduo e, com muita gratidão, colaborador no Minimus Life. Na vida mundana, Profissional de Planejamento e Estratégia Digital.