Vamos falar de minimalismo com crianças?

Vamos falar de minimalismo com crianças?

Algumas semanas atrás, fui à casa de umas pessoas que conheço, essas pessoas tem três filhos e sinceramente fiquei horrorizado com o que eu vi.

No pouco que fiquei lá percebi que eles gastam mais tempo cuidando das coisas do que cuidando dos filhos.

E sinceramente, o tempo e a energia necessários para cuidar das coisas estava drenando a alegria daquela família.

Vamos falar de minimalismo com crianças?

Quero deixar claro, que este artigo não é lição de moral e nem ensinando as pessoas a criarem seus filhos.

É apenas uma reflexão de quem está de fora e percebeu a desordem gerada pelas coisas juntamente com três crianças.

No fundo, sou minimalista.

Mas na prática … não tenho filhos, então se você tem, a escolha é sua em continuar ou não lendo este artigo..

O minimalismo e crianças são como opostos polares. Muitas pessoas acreditam que ter filhos torna o estilo de vida minimalista impossível.

Mas isso significa necessariamente que se você não tem filhos, então o minimalismo é fácil para você? Creio que não.

Uma coisa legal sobre as crianças é que muitas vezes preferem brincar com uma colher de madeira ou uma caixa de um brinquedo vazia.

Às vezes abrem um presente e brincam com ele por semanas, ignorando os outros 20 presentes embrulhados no canto.

As crianças sabem e estão totalmente confortáveis para expressar as suas preferências (basta perguntar a um grupo de 4 anos os seus pensamentos sobre a escola / aviões / música / brócolis se você não acredita em mim). Elas são sensíveis, empáticas, generosas e são animadas por dar a outros em necessidade.

As crianças já têm os corações e mentes minimalistas, elas só precisam de algumas ferramentas para desenvolver o lado minimalista na prática.

Uma das coisas mais difíceis sobre minimalismo ou vida mais simples é como gerenciá-lo com crianças. É difícil, mas não impossível, então, vamos lá!!

1. Conduzir com o exemplo

Você não precisa ser Martha Stewart ou um minimalista perfeito para modelar um bom comportamento para seu filho.

Se você luta com a desordem, tome alguns minutos para deixar seus filhos saberem que você está se concentrando na bagunça deles.

Deixe-os observá-lo enquanto você destralha algumas coisas. Compartilhe com eles os benefícios de ter uma casa livre da desordem: é mais fácil de manter, você terá mais tempo para eles, vocês podem experimentar novos hobbies juntos.

A mais razões para falar com eles para que eles possam entender a intencionalidade por trás de seu espaço simples.

2. Deixe seu quarto ser seu

É importante dar aos seus filhos um sentimento de propriedade e domínio sobre o seu espaço.

Quando eles sabem que seu espaço é o seu próprio, eles são autorizados a tomar decisões significativas e manter apenas o que inspira. ( como queria que alguém tivesse dito isso a minha mãe.).

3. Transforme em um jogo

Definir um temporizador por 5 minutos e ver se eles podem destralhar um brinquedo. Ou criar um quadro onde eles recebem um adesivo para cada pequeno saco de brinquedos que doam ou cada coisa que organizam.

Tudo o que você decidir funciona melhor para seus filhos, apenas mantenha leve e o torne divertido!

4. Programe um dia para limpar

Programar uma limpeza familiar. Com crianças, é uma batalha árdua manter uma casa limpa, mesmo como um minimalista.

Fazer uma “limpeza de 30 minutos”, geralmente nos sábados de manhã. Cada criança ajuda a limpar um local da casa. Esta rápida limpeza nos dá uma casa arrumada e o resto do dia para se divertir.

5. Liberte seus próprios preconceitos

As crianças vão surpreendê-lo com suas preferências claras e inclinação natural para a vida simples.

Muitas vezes é realmente o pai que caga tudo no destralhe. Vou citar um exemplo que já vi muito, quando uma criança quer doar uma peça de roupa ou brinquedo, o pai sempre arruma uma razão ( abre a torneira de asneiras) para mantê-lo, como: ” Você ama isso!”, “ Foi seu avó quem deu.”, etc.

É crucial se você estiver envolvendo seus filhos que você honre as decisões deles. Basta fazer o seu melhor para estar ciente quando estes pensamentos surgem e não tentar colocá-los em seus filhos.

6. Possuir menos roupas

Roupa é uma coisa que é certo de se multiplicar com as crianças! Um guarda-roupa mínimo reduz a lavagem semanal e simplifica a rotina de todos.

Você pode até achar, como eu, que uma guarda-roupas já não é necessário.

7. Esteja pronto para ser muito impressionado

Crianças abaixo dos 6 anos realmente entendem a ideia de deixar as coisas “para as outras crianças que não têm tantos brinquedos”.

A partir dos 7 anos, algumas crianças podem fazer um excelente trabalho de destralhe em seu quarto por conta própria.

Não importa a idade, se você ajudar o seu filho no processo, você vai começar a ouvir seus processos de pensamento e aprender sobre seus sistemas de valores.

Sua profundidade e autoconsciência irá explodir. E você ficará muito orgulhoso por criar uma criança tão pensativa!

8. Use aniversários e feriados a seu favor

Algumas vezes por ano as crianças são inundadas com novos pertences. Solução: Destralhe com antecedência.

Um final de semana antes do natal ou o fim de semana antes de uma festa de aniversário, sente-se com seu filho para avaliar as coisas que entrarão em sua vida e o que ele está pronto para se separar?

9. Priorizar as experiências

Experiências trazem as pessoas mais felicidade do que as posses. Compartilhe os benefícios das experiências sobre as coisas com seus filhos.

Ter um desafio destralhe e tratá-los para uma experiência divertida. Ensine-os que as melhores coisas da vida não são coisas.

10. Solidificar o hábito

Crie uma área de doação em algum lugar em sua casa que todos os seus filhos têm acesso.

Encoraje-os a colocar itens que eles não querem mais ou não usam a algum tempo.

Deixe-os saber que é natural para evolução e para superar certas coisas. Uma vez que a caixa está cheia, você pode leva-los para doação.

Então é assim que pode ser feito. Minimalismo é feito diferente por pessoas diferentes e que é parte da beleza do mesmo.

E-book Casa Minimalista

Um guia para ajudar você a encontrar a harmonia no ambiente em que viver. Mas por onde começar?

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Mais lidos no Minimus Life

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Siga me:

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.