Limpar o ambiente, mas até que ponto?

Limpar o ambiente, mas até que ponto?

Eliminei (lentamente) objetos inúteis da minha casa durante o último ano.

Parece uma tarefa interminável, porque – embora mais lentamente do que antes e independentemente da minha vontade – Eu também continuo a introduzir novos.

Leia => 12 passos para criar uma casa minimalista

Um amigo me perguntou: “mas como você sabe quando está feito?”

Creio que vou me sentir satisfeito apenas quando:

  • Na casa houver apenas belos objetos e/ou úteis;
  • Cada objeto tenha o seu próprio lugar;
  • Cada espaço tenha seu próprio fim;
  • O resultado final seja agradável aos olhos, confortável de usar e calmante para o espírito.

Eu não sei quanto tempo eu empregarei nessa jornada, e não sei por quanto tempo, mas sei que o minimalismo nunca será um fim, mas sempre um recomeço.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Malabarista por diversão e violinista aprendiz.