A liberdade não é negociável

A liberdade não é negociável

Se você sofre de apego, chegará um momento em que a perda da liberdade vai amargurar a sua vida. Talvez o prazer e a euforia inicial não deixem você ver isso claramente, mas mais cedo ou mais tarde a fonte do vício controlará sua vida.

Você viverá de novo e de novo, como um robô: você fará de tudo para manter o objeto ou a pessoa de seu apego: você vai rastejar, implorar, gastar tempo e você vai até tentar se enganar vendo as “vantagens” ser um “bom escravo”.

Os budistas sustentam que um passo importante para a libertação psicológica é entender que na verdade você escolhe seus próprios mestres e você é a vítima da sua própria invenção.

Um jovem noviço perguntou ao seu mestre zen: “Por favor, mostre-me como libertar-me da escravidão”.

O mestre disse: “Quem te escravizou?”

O aluno respondeu: “Ninguém me escravizou”.

O mestre, então, disse-lhe: “Se ninguém te escravizou, você é livre. Por que você quer se libertar? ”.

Se você pensa: “Eu não posso viver sem isso ou aquilo”, você está errado (e eu não estou falando das necessidades fisiológicas ou psicológicas básicas).

Dar poder a alguém ou a algo para dominá-lo e dominar sua mente é uma forma de suicídio psicológico. Não importa quão distinto ou socialmente aceito seja o “mestre”: ele administrará sua vida de acordo com o seu tamanho, você será seu fantoche.

Todos os apegos se movem na mesma dinâmica, não importa se é uma barra de chocolate ou alcançar fama: se você não é capaz de viver sem “aquilo”, você será psicologicamente limitado.

Insisto, não importa que ele seja um “bom mestre”: aquilo que domina você acabará afundando você.

Por que eu uso a palavra “escravo”? Porque uma vez que a dependência se infiltre em sua mente, você será aprisionado e será muito difícil renunciar aos efeitos agradáveis do apego ou fugir dele.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Malabarista por diversão e violinista aprendiz.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.