Hábitos minimalistas para uma vida livre do caos

Hábitos minimalistas para uma vida livre do caos

O minimalismo não é algo que é alcançado durante a noite e, como os hábitos, é alcançado com esforço e com regularidade.

Não é uma prática rigorosa, mas o minimalismo exige fazer mudanças em nossos costumes, rotinas e hábitos.

Agora, a coisa incrível sobre os hábitos é que eles não são herdados e podem ser aprendidos. A única coisa que eles exigem de cada um é a constância e a motivação para fazer uma mudança.

Você pode ter muitos bons hábitos, mas acho que esses 5 são os que podem ajudá-lo a manter uma vida simples e deixar o caos. E manter a lista curta.

1. Saiba dizer: “NÃO, OBRIGADO”

O “Não” é aquela pequena palavra que ninguém quer ouvir e muitos têm medo de pronunciar. Mas por trás de uma palavra negativa encontra-se uma voz libertadora.

Aprender a dizer não às pessoas e situações que você não gosta ajudará e encorajará você a entregar o sim a muitas outras oportunidades.

A partir de agora, quando alguém lhe pedir para fazer algo que não quer, primeiro pense nos benefícios que lhe proporcionará e, se não for de acordo com seus ideais, você será cortês e responderá: “não obrigado”.

2. Seja realista com as necessidades

Atualmente, a mídia nos convence de que muitos produtos são necessários e que ter coisas leva a uma maior felicidade. E, embora muitos estejam cientes de que esta é a magia do marketing, nos envolvemos neste universo de sugestões. Por quê?

Os significados de necessidade e desejo foram misturados e percebidos como conceitos intercambiáveis. Mas você precisa ser realista e entender que não é o mesmo.

É por isso que, antes de comprar algo, pense se é realmente necessário. Em vez de possuir, você deve promover o ser. Essa é uma necessidade humana.

3. Organizar no tempo certo

E se você se encher de coisas que não o fazem feliz, uma limpeza é inevitável e muito saudável para executar. E não se aplica apenas à casa; mas também a alimentos, pertences, pessoas e nós mesmos.

Limpeza significa purificar o que não é bom e o que não traz nada de benefício. Pessoas tóxicas, situações negativas, conversas insubstanciais, objetos não emocionais e até mesmo nossos maus hábitos devem ir.

4. Simplifique

Simplifique, simplifique e simplifique ainda mais. Enfatizar e sintetizar tarefas e obrigações é uma área de oportunidade que podemos trabalhar para ter mais tempo.

Eu acredito que se aprendermos a arte da simplificação, haverá mais tempo para tudo. O “Eu não tenho tempo” sumirá do seu vocabulário.

O segredo é tornar tudo mais prático e simples; e também para parar de fazer coisas que não correspondem a você ou aqueles que não o fazem feliz.

Não se trata de fazer tudo em menos passos, mas de fazê-lo de forma inteligente e em consonância com nós mesmos e nossas necessidades.

5. Aprecie todos os momentos

Este último hábito não precisa de muita explicação. Apreciar o momento significa estar aqui e agora, não vagando em coisas que aconteceram ou que nunca acontecerão.

Não preencha a cabeça com o que você precisa fazer no próximo dia e aproveite o tempo de qualidade.

Haverá tempo para lembrar do passado ou planejar o futuro, tudo tem sua ocasião.

Eu sei que é um pouco complicado incorporar esses hábitos e mais quando você tem um negócio para projetar, planejar e trabalhar.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Malabarista por diversão e violinista aprendiz.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.