Estou frustrado com o minimalismo

Estou frustrado com o minimalismo

Admita: quantas vezes você não alcançou uma meta, falhou em um marco importante ou simplesmente não pode mudar sua situação atual, apesar dos constantes esforços?

Diante dessas situações, todo ser humano tende a reagir com um sentimento muito preciso: a frustração .

A frustração é uma mistura letal de profunda insatisfação , uma sensação de impotência e raiva.

Estamos perfeitamente conscientes de que as coisas não podem continuar assim, mas não temos a menor ideia do que fazer para melhorá-las: então devemos insistir em ações erradas, cujos resultados são inevitavelmente decepcionantes.

Conheci o minimalismo, estou adorando, me empolguei com o destralhe, mas agora sinto aquela sensação de impotência, o que posso fazer?

A pergunta acima foi enviada por um leitor do minimus life, e vou responder de uma forma para que todos que tenham a mesma dúvida.

Sempre que faço uma grande mudança na minha vida, tendo a ficar frustrado. E por incrível que pareça, às vezes, a frustração acontece porque vivemos as expectativas dos outros.

Quando eu me livrei da televisão , as primeiras semanas foram frustrantes. Quando parei de comprar coisas por um ano, os primeiros quatro meses foram frustrantes.

Quando eu mudei minha dieta e comecei a fazer exercícios diariamente , os primeiros seis meses foram frustrantes.

Eventualmente, a frustração se transforma em recompensa, a dor torna-se prazer. Esse processo é gradual, mas acontece.

A chave para mim foi encontrar maneiras de impulsionar a frustração inicial – empurrando a dor, sabendo que o prazer está em torno da curva.

Quanto mais tentamos neutralizar nossa sensação de frustração, mais ela cresce dentro de nós. Quanto mais lutamos com raiva e energia, mais a insatisfação toma controle de nossa vida.

Se queremos libertar-nos do sentimento de frustração, o único caminho e o “da Boa Vontade”: devemos aprender a render-nos à vida .

Concentre-se no que deseja alcançar e não no que deseja evitar

Em um artigo anterior, expliquei-lhe que, se a sua vida é uma merda , você provavelmente se concentrará no que você se opõe e não pelo que você é.

Esta é uma das principais fontes de frustração.

Novamente: desista, pare de desperdiçar energia sobre o que está errado. Mova sua atenção para o que funciona e o que você realmente quer.

Esqueça suas falhas ou considere uma parte essencial da sua jornada, e comece a concentrar suas metas e seus sonhos. Perseguir o que você deseja alcançar. A este respeito, uma das técnicas mais interessantes é manter um diário de gratidão.

O minimalismo não vai resolver os seus problemas e suas frustrações, é apenas uma ferramenta que te ajudará a encontrar a direção, mas pra isso você precisa colocar foco na sua jornada.

Se você escolheu estar onde está agora, reconheça isso e possua. Você não é uma pessoa ruim por se sentir mal por si mesmo de vez em quando, mas lembre-se de estar agradecido por ter a oportunidade de fazer o que está fazendo agora. É um presente maravilhoso, mesmo que nem sempre seja assim.

Estou tentando fazer o mesmo. Minha vida não parece um sonho minimalista no momento, mas eu sei que não me deixa menos minimalista.

Lembre-se: você é humano (assim como todos os outros).

O perfeccionismo para com você ou com os outros geralmente leva a muita frustração e desapontamento. Então defina seus padrões tanto para os outros quanto para você em um nível humano e não na perfeição.

Aceite que às vezes você cometerá erros, terá contratempos e não alcançará seus objetivos quando quiser. E também as pessoas à sua volta.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Malabarista por diversão e violinista aprendiz.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.