Desejo, Necessidade e Vontade…

Desejo, Necessidade e Vontade...

Quem lembra daquela música tão conhecida dos Titãs: Comida? Ao final da música ele canta esse refrão final: Desejo, necessidade e vontade.

Desejo, Necessidade e Vontade...

Mas sabemos realmente qual a diferença entre esses três conceitos? Com certeza sabemos. O problema é que às vezes misturamos o conceito para atender hábitos já estabelecidos e muitas vezes nocivos.

Mas vamos ver os conceitos mais simplificados,
conforme o dicionário:

* Desejo. 1. aspiração, querer, vontade. 2. expectativa de possuir ou alcançar algo.

* Necessidade. 1. qualidade do que é necessário. 2. o que não se pode evitar; inevitável. 3. carência (do que é preciso), falta.

* Vontade. 1. sentimento de desejo ou aspiração motivado por um apelo físico, fisiológico, psicológico ou moral; querer. 2. desejo impulsivo; capricho. 3. prazer, apetite, deleite, gosto.

Segundo Matthieu Ricard, que segundo os estudos, é considerado o homem mais feliz do mundo, escreve em seu livro que “o desejo tanto pode nutrir a nossa existência quanto envenená-la”.

Um dos pontos que devemos aplicar para sermos mais felizes, é reduzir a quantidade de nossos desejos nocivos e aprender a separá-los de nossas necessidades fundamentais.

Todos nós precisamos nos alimentar, é uma necessidade básica. Não precisamos porém, nos alimentar de filé mignon diariamente.

Não que eu seja contra o consumo diário de carne. Porém, em muitos casos, a diferença entre a necessidade e o desejo estão nos requintes da vontade.

  • Necessito de alimento, mas desejo fast food.
  • Necessito viajar, mas desejo que seja para Dubai.
  • Necessito ser amado, mas desejo diversas companhias.
  • Necessito me aceitar, mas desejo me afirmar como pessoa através de meus bens.

Gosto muito desse trecho de um livro de Osho. Ele explica didaticamente a diferença entre um e outro:

Os desejos são muitos, as necessidades são poucas.

As necessidades podem ser satisfeitas; os desejos, nunca.

Desejo é uma necessidade que enlouqueceu.

É impossível satisfazê-lo.

Quanto mais você tentar satisfazê-lo, mais ele pedirá.

As necessidades são muito poucas e são belas.

Os desejos são feios e transformam os seres humanos em monstros; eles criam loucos……

Assim que você começar a aprender a escolher a serenidade, um pequeno quarto será suficiente, uma pequena quantidade de comida será suficiente, poucas roupas serão suficientes, uma pessoa amada será suficiente.

Osho

Buscar o atendimento de nossas necessidades. Viver simples. Buscar o fundamental, o essencial e o necessário, nos trará a paz que buscamos.

“A paz que buscamos está no silêncio que não fazemos.”

Que possamos aprender a viver melhor. Desejando menos e vivendo mais.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Wagner Travassos

É pai de quatro meninas, escritor e amante da filosofia positivista como forma de aperfeiçoamento pessoal.

Ebook: Casa Minimalista

Um guia para ajudar você a encontrar a harmonia no ambiente em que viver. Mas por onde começar?

Ebook

Te enviaremos um e-mail de confirmação.