Pare de se comparar com os outros

Pare de se comparar com os outros

Quero te ajudar a poupar milhares de horas de terapia e o tempo que vai gastar lendo alguns livros de autoajuda. Pare de se comparar com os outros.

Tenho certeza de que a ideia de não se comparar com os outros não é totalmente nova para você. Provavelmente você já ouviu dezenas ou centenas de vezes.

Não se comparar com os outros se tornou uma trivialidade.

Comparar-se com os outros é uma das maneiras mais fáceis de se sentir mal consigo mesmo.

Você vê o que os outros estão fazendo nas redes sociais, no trabalho e na televisão, e se compara desfavoravelmente com essas pessoas.

Essas comparações negativas são o caminho para a infelicidade.

  • Fazem você se sentir triste.
  • Fazem com que você tome decisões erradas.
  • Fazem com que você se sinta mais estressado, ansioso e às vezes pode levar a depressão.

Resumindo, fazer comparações com os outros apenas prepara você para o fracasso.

Não nego e creio que a maioria de vocês também, mas eu vivi a maior parte da minha vida me comparando aos outros. No início, era na infância e adolescência.

Mas, à medida que envelhecia, comecei a comparar outras métricas: cargo, nível de renda, tamanho da casa e sucessos do mundo.

Existe um grande número de situações sobre as quais podemos nos comparar e um número quase infinito de pessoas para nos compararmos. Uma vez que começamos por esse caminho, nunca encontramos um fim.

A tendência de nos compararmos com os outros é tão humana quanto qualquer outra emoção. Certamente não estou sozinho na minha experiência. Mas é uma decisão que só rouba alegria de nossas vidas.

Como seres humanos, precisamos parar de nos comparar uns aos outros. Recentemente, tenho notado muitos de meus colegas comparando-se com aqueles que estão ao seu redor, e isso não está causando nada além de vibrações negativas. Pare com isso.

Joshua Becker compilou alguns pensamentos sobre se comparar com os outros:

Comparações são sempre injustas.

Nós tipicamente comparamos o pior que conhecemos de nós mesmos ao melhor que presumimos sobre os outros.

Comparações, por definição, exigem métricas.

Mas apenas um tolo acredita que toda coisa boa pode ser contada (ou medida).

Comparações nos roubam tempo precioso.

Cada um de nós recebe 86.400 segundos por dia. E usar até mesmo um para comparar a si mesmo ou suas realizações a outro é um segundo a mais.

Você é único demais para comparar de maneira justa.

Seus dons, talentos, sucessos, contribuições e valores são inteiramente exclusivos para você e seu propósito neste mundo. Eles nunca podem ser adequadamente comparados a qualquer outra pessoa.

Comparações nos privam de alegria.

Não acrescentam valor, significado ou satisfação às nossas vidas. Apenas nos distraem.

Precisamos compreender que fomos criados para sermos completamente únicos, e todos devem parecer diferentes e ser bons em coisas diferentes.

Está na nossa composição genética. Só porque alguém é mais alto do que você não significa que ele é melhor ou mais bonito, isso não significa que ele é melhor que você.

Comparar constantemente a si mesmo com outra pessoa não fará nada além de trazer vibrações negativas sobre você.

Todo mundo parece diferente, todo mundo é diferente, e isso é ótimo; é uma coisa natural e normal.

Você é grande e completamente e inteiramente você, e isso vale a pena comemorar.

Quando você se compara aos outros, você se concentra na outra pessoa – o que fizeram, o que alcançaram. Mas você não tem controle sobre essa outra pessoa.

Tudo o que você pode controlar é você. E a única pessoa com quem você deve se comparar é com quem você era anteriormente. Se você está melhorando, isso é tudo que importa.

Espero que vocês tirem lições valiosas, e mencionem a mensagem em voz alta e clara: não me comparo aos outros.

Algumas coisas são mais fáceis de dizer do que de fazer.

É da natureza humana olhar para o verde exuberante do gramado lindamente manicurado do seu vizinho e sentir uma pontada de inveja ao compará-lo com o seu próprio gramado.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.

Aproveite mais conteúdo

Bruno de Souza

Meu objetivo é te ajudar a viver mais com menos. Malabarista por diversão e violinista aprendiz.

Obtenha o E-book: Potencial de uma vida Minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Obrigado por se inscrever. Te enviamos um e-mail para baixar o e-book.

Algo deu errado.