custo desordem

Em: Minimalismo

O custo da desordem

Uma vida desorganizada cheia de caos pode ser muito dispendiosa. É por isso que por anos tenho sido um proponente em me livrar da desordem e buscar soluções para simplificar.

Vivemos numa sociedade de extremos. As pessoas parecem estar extremamente endividadas e extremamente desorganizadas.

Pessoas em todos os lugares estão tentando chegar a soluções mais novas e melhores para resolver esses problemas, mas infelizmente muitas de suas ideias não estão funcionando.

O custo da desordem

A probabilidade de que a desordem está comendo suas finanças, e provavelmente a sua paz mental, é alta.

Por que eu me importo tanto com a desordem? E sobre ajudar as pessoas? Bem, aqui está o que eu acredito:

1. A desordem é tudo o que está no caminho da vida que você quer viver.

2. A desordem assume muitas formas. Pequenas coisas como papel; Grandes coisas como móveis; pensamentos negativos; Atividades insatisfatórias.

3. A desordem nos pesa. Fisicamente, mentalmente, emocionalmente, espiritualmente.

4. As habilidades de organização podem ser ensinadas. Mas nem todo sistema de organização funciona para todos.

5. Menos desordem em sua casa, escritório, agenda e mente significa mais espaço para a vida que você realmente quer. Menos confusão. Mais vida.

Se isso é o que você acredita também, então estamos na mesma página! Continue lendo para alguns exemplos do custo da desordem… E o que fazer sobre isso.

A desordem é constipação emocional – obstrui cada área de sua vida. Isso te impede de viver a vida que você está aqui para viver.

Dependendo da extensão da desordem ou desorganização em sua casa e vida, você pode estar pagando um preço muito alto. “Deixando as coisas como estão” é mais provável que lhe custe um ou mais dos seguintes:

  • Espaço que poderia ser melhor aproveitado.
  • Tempo e energia perdidos em busca de coisas.
  • Stress e opressão – talvez até mesmo tensas relações.

E depois há os custos financeiros:

  • Quantas vezes você comprou algo, só para perceber mais tarde que você já tinha?
  • Quantas vezes você acabou pagando uma conta atrasada porque você perdeu a conta?
  • Quanta dívida de cartão de crédito você está carregando em itens comprados, mas não mais amados ou usados?
  • Quantas vezes você comprou um item à venda (ou por um capricho) que acabou coletando poeira?

Comprometer-se a gastar 15 minutos por dia organizando uma área ou tarefa até que seja feito. Não desanime sobre quanto ainda há para ser feito.

Basta se concentrar todos os dias em fazer algo em direção a sua meta e viver uma baseada no minimalismo.

Seu tempo é limitado e valioso, por isso recomendo gastar seu tempo fazendo coisas que lhe trazem alegria.

Aprenda a gerir sua finanças com Minimalismo Financeiro

Ebook: Potencial de uma vida minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Ebook

Te enviaremos um e-mail de confirmação.