relacionamento minimalista

Em: Minimalismo

3 maneiras de começar relacionamentos minimalistas

O minimalismo promove um estilo de vida focado em menos consumismo e mais significado pessoal.

Essencialmente, isso significa que tudo o que você possui, seu trabalho, sua casa e suas experiências, idealmente contribuirá e resultará em maior significado em sua vida.

E, eu acredito que é verdade que a sociedade prospera onde estamos constantemente insatisfeitos.

O descontentamento pessoal pode nos levar a perseguir e tornar-nos obcecados involuntariamente com as últimas tendências em moda, tecnologia, habitação, passatempos e muito mais.

E, o minimalismo aumenta a sua qualidade de vida, então ele pode ser a melhor escolha para você.

Claro, pode ser divertido incluir algumas das atividades acima de vez em quando. No entanto, vejo muitas pessoas que estão descontentes com a vida, que estão procurando mais.

Alguns chegam à meia-idade e questionam profundamente o propósito da vida e se a vida que vivem está remotamente conectada com quem eles são.

Começam a procurar mais no trabalho, no lar, nas posses, nas experiências e nos relacionamentos.

Nos últimos anos, a minha perspectiva expandiu-se para além das definições culturais de sucesso e da noção de “ter tudo”.

Embora eu não abraçasse totalmente a premissa de que ter tudo é possível, foi fácil perder de vista essas experiências e pessoas que realmente enriquecem minha vida.

Com minimalismo em mente, eu gostaria de considerar nossos relacionamentos. E se nós os abordássemos a partir de uma perspectiva de valor, qualidade e simplicidade?

Como esses ajustes podem mudar nossas escolhas de relacionamento? Será que todas as pessoas atuais em nossas vidas ficam, saem, ou se tornam menos envolvidos?

Para mim, o minimalismo é parte integrante da intenção. Se alguém preferir viver de forma mais simples, ele o fará intencionalmente. E, aqui é onde os relacionamentos podem precisar ser reconsiderados.

Somos intencionais sobre aqueles que incluímos em nossas vidas ou simplesmente aceitamos quem aparece nela?

Quais são três maneiras de começar a desenvolver relacionamentos minimalistas?

1. Faça um inventário de relacionamento

Quem está em sua vida? Como ele está envolvido? A interação é positiva para vocês dois? São suas necessidades atendidas através do relacionamento?

Se não, considere reduzir a quantidade de tempo que você gasta e os tipos de informações que você compartilha com essa pessoa.

2. Crie limites em seus relacionamentos

Isso inclui limitar ou terminar com amizades, romances, família ou relações de trabalho que podem ser tóxicas, unilaterais, ou de outra forma insalubres.

E, sim, você pode ter menos pessoas em sua vida. No entanto, aqueles poucos que você tem serão encorajadores, solidários e significativos.

3. Somente convide e acolha relacionamentos que enriquecem sua vida

Eu não posso enfatizar isso o suficiente, especialmente para aqueles com uma história de relações tóxicas.

Relacionamentos tóxicos são altamente destrutivos para cada parte de você. Eles comprometem sua saúde emocional, física, mental e financeira.

Valorize-se, escolhendo pessoas saudáveis ​​com quem compartilhar sua vida. E, se você precisar de apoio para conseguir isso, procure ajuda de um psicólogo.

Lembre-se, o minimalismo encoraja os outros a buscar qualidade em relação à quantidade. Para muitos de nós, incorporar este conceito pode trazer relacionamentos significativos e pacíficos em nossas vidas.

Este artigo é uma tradução de  3 Ways to Begin Minimalist Relationships do Love Magazine. 

Aprenda a gerir sua finanças com Minimalismo Financeiro

Ebook: Potencial de uma vida minimalista

Com sugestões práticas e encorajamento para personalizar seu próprio estilo minimalista, minimizar as posses é a melhor maneira de maximizar a vida.

Ebook

Te enviaremos um e-mail de confirmação.